COMPARTILHAR

O presidente de Cuba, Raúl Castro, não participará da 8ª Cúpula das Américas, que começa nesta sexta-feira (13), em Lima, no Peru.

Após a desistência de Donald Trump e a exclusão de Nicolás Maduro, a reunião perde mais um possível protagonista e inicia com uma sensação de esvaziamento.



Em seu lugar, Castro mandou uma delegação guiada pelo ministro das Relações Exteriores Bruno Rodríguez.

O presidente cubano não havia confirmado sua participação, mas acreditava-se que ele usaria a cúpula para se "despedir".



Castro prometeu deixar o cargo no próximo dia 19 de abril, quando a Assembleia Nacional, dominada pelo Partido Comunista de Cuba (PCC), escolherá o novo chefe de Estado do país. O mais cotado para encerrar a dinastia Castro é o vice-presidente Miguel Díaz Canel. Com informações da ANSA.

Leia também: Drone iraniano interceptado por Israel continha explosivos