COMPARTILHAR

Preso desde o último sábado (7), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ocupa um espaço reservado, na sede da Polícia Federal (PF) em Curitiba (PR), adaptado para recebê-lo. O local fica isolado dos demais presos da Lava Jato que tinham uma relação próxima com o petista, a exemplo de Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda, e do empreiteiro e sócio da OAS, Léo Pinheiro.

Ambos citaram crimes envolvendo o ex-presidente, nas investigações sobre o triplex do Guarujá (SP). Eles ocupam uma ala na custódia da superintendência da polícia, apelidada de VIP, que conta com três celas.



Segundo 'O Globo', até o banho de sol do ex-presidente, ocorrerá em horários distintos dos demais, assim como as visitas. Medidas pensadas pera evitar o contato entre os companheiros de prisão.

Veja quem mais está na sede da Polícia Federal em Curitiba.