COMPARTILHAR

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, anunciou nesta quarta-feira (18) a convocação de eleições antecipadas para legislativo e executivo em 24 de junho, cerca de um ano e meio antes da data prevista.

Ele disse que o objetivo da decisão é antecipar a mudança do sistema político no país, que deverá passar do parlamentarismo – no qual o chefe de governo é o primeiro-ministro escolhido pelo legislativo – para o presidencialismo, no qual o presidente concentra o poder.



+ Funcionários da ONU são atingidos durante tiroteio na Síria

A alteração foi aprovada em um referendo no ano passado, mas só vai entrar em vigor a partir da próxima eleição, que estava prevista para novembro de 2019.



Erdogan disse que autorizou a mudança após se encontrar com Devlet Bahceli, líder do partido nacionalista MHP, que na terça (17) sugeriu a mudança. O presidente já tinha afirmado em outras ocasiões que a ideia de antecipar as eleições eram apenas um boato. Com informações da Folhapress.