COMPARTILHAR

A estudante de farmácia Beatriz Carneiro de Araújo, de 20 anos, teve 45% do corpo queimado após ter sido atacada por uma mulher desconhecida em São Luís de Montes Belos, a 120 km de Goiânia.

O episódio aconteceu no dia 16 de março e, desde então, a jovem passa tratamento no Hospital de Queimaduras de Anápolis, a 55 km de capital. Beatriz precisa ir a cada dois dias na unidade para fazer raspagens.



Em entrevista à TV Anhanguera, a estudante revelou que não conhecia a mulher que a atacou. “Nunca tinha visto a mulher. Fiquei muito desesperada. Essa dor eu não desejo para ninguém”, disse.

+ Pai diz não saber por que mulher ateou fogo em sua filha



Beatriz foi internada e passou por três cirurgias. A jovem ainda deve passar por mais uma operação para colocar enxertos no braço.

“Quero recuperar minha saúde física e mental, que estão abaladas. Não tenho que pensar por que isso aconteceu comigo, isso entreguei para Deus, mas quero me recuperar, terminar minha faculdade. Quero tentar terminar ano que vem e seguir buscando coisas boas”, afirmou a estudante.

Segundo destaca o G1, uma mulher suspeita do crime foi presa no mesmo dia do ataque. Ela teve prisão preventiva decretada durante a audiência de custódia.