COMPARTILHAR

Entrou em operação, em Boa Vista (RR), um centro de atendimento para refugiados e migrantes. De acordo com informações da Agência da ONU para Refugiados(Acnur), o centro concentra serviços que antes eram oferecidos em órgãos públicos espalhados por Boa Vista.

Neste centro, os refugiados podem obter registro civil, solicitação de documentação, acesso ao sistema de Cadastro Único do governo federal e expedição de carteira de trabalho, por exemplo.



+ Postos de saúde de SP abrem hoje para vacinação contra febre amarela

O espaço funciona em um prédio conhecido como Malocão Cultural, na Universidade Federal de Roraima (UFRR). Mulheres em situação de refúgio e migrantes terão um espaço no local para tirar dúvidas e para receber encaminhamento para as redes de proteção.



Milhares de pessoas têm atravessado a fronteira entre Brasil e Venezuela. A maioria desses migrantes tem se direcionado para Boa Vista. Segundo a prefeitura, cerca de 40 mil venezuelanos estão na cidade. (Portal Brasil)