COMPARTILHAR

A Prefeitura de Guarujá (SP), por meio da Advocacia-Geral do Município (AGM), protocolou nesta sexta-feira (20) uma petição ao juiz federal Sergio Moro, pedindo que o valor de dívida do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) do triplex atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja descontado do lance dado no leilão do imóvel.

De acordo com informações do G1, imóvel acumula dívida de R$ 102,9 mil de IPTU. O pedido, assinado pela procuradora municipal Daniella de Cássia Morandi Reis Gonçalves, solicita que a a prefeitura receba o montante.



+ Lula recebe visita de parentes, mas Nobel e teólogo são barrados

Segundo a a procuradora, os valores foram cobrados entre 2014 e 2018. O leilão do imóvel, avaliado em R$ 2,2 milhões, ocorre em 15 de maio. A petição da AGM foi protocolada agora para que a Justiça Federal do Paraná possa apreciar o pedido.



A dívida do imóvel está registrada em nome da OAS Empreendimentos, responsável pela construção do Condomínio Solaris.