COMPARTILHAR

Aliados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não entraram em acordo sobre uma possível transferência do petista da Superintendência da Polícia Federal do Paraná, em Curitiba. Alguns acreditam que se o ex-presidente for para uma penitenciária comum, ele passará a ser visto como um preso comum e isto poderá enfraquecer a sua defesa pública.

Como apurado pela jornalista Mônica Bergamo da Folha de S. Paulo, pessoas próximas acreditam veem a permanência de Lula na Superintendência da PF como forma de dar à prisão uma aparência provisória e excepcional. A possibilidade dele ser transferido para uma instalação militar também divide opiniões.



Leia também: PSL de Bolsonaro quer extinguir 'fundão' ao mesmo tempo que pede verba