COMPARTILHAR

Obras de um empreendimento imobiliário foram a causa do apagão no centro de São Paulo na tarde de terça (24), segundo a Eletropaulo. A empresa afirmou que as obras, de responsabilidade da incorporadora Tegra, romperam cabos subterrâneos de energia no local.

+Quatro manifestantes são presos em protesto em frente ao MEC



A Eletropaulo afirmou que a Tegra será notificada, mas que a princípio não será aplicada multa pelos danos causados. Em nota, a Tegra informou que não ainda foi notificada, mas que "colabora na apuração das possíveis causas" do apagão.

O texto diz que a obra possui as devidas licenças e que técnicos da companhia estão alisando o local para entender o que ocorreu. A companhia realiza a construção de um edifício residencial na esquina da rua Augusta com a Caio Prado.



O apagão, que começou por volta das 14h, atingiu ruas dos bairros Higienópolis, Santa Cecília, Consolação, Vila Buarque, Campos Elíseos e Jardim Paulista. Boa parte dos endereços tiveram o fornecimento regularizado no início da noite, mas algumas residências ficaram sem luz até a madrugada, quando o problema foi solucionado. Com informações da Folhapress.