COMPARTILHAR

O PT de Minas Gerais passou a considerar a hipótese de lançar dois nomes para disputa a uma vaga no Senado após o MBD deixar a base aliada do governador Fernando Pimentel, pré-candidato à reeleição.

De acordo com informações da coluna Expresso, do site da revista Época, a sigla pode colocar o deputado federal Reginaldo Lopes como candidato ao lado da ex-presidente Dilma Rousseff.



LEIA TAMBÉM: Lula escreve nova carta na prisão e sugere que Moro desacata o STF