COMPARTILHAR

Pelo menos uma pessoa morreu após um prédio de 26 andares desabar ao ser atingido por um incêndio de grandes proporções, na madrugada desta terça-feira (1º), na República, região central de São Paulo. Segundo relatos de moradores, as chamas avançaram para imóveis próximos. O edifício, que seria uma antiga sede da Polícia Federal, estava ocupado irregularmente, conforme a Polícia Militar. A Defesa Civil estima que 50 famílias viveriam no local.

A primeira vítima do acidente morreu durante tentativa de resgate. Ela já estava com equipamento de segurança, mas acabou caindo junto com o desabamento do prédio. "A gente trabalha com a hipótese de vítimas, entretanto não estão confirmadas", contou o tenente André Elias, em entrevista à TV Globo, por telefone.



+ AGU marca para quarta nova rodada do auxílio-moradia dos juízes

O Corpo de Bombeiros está no local e já iniciou a retirada dos escombros. O tenente ainda acrescentou que o outro prédio atingido pelo fogo não corre risco de desabamento. Os moradores já evacuaram o lugar. As chamas tiveram início por volta das 1h30. Foram acionados para a ocorrência 57 viaturas, além de 160 homens. O trânsito na área está interditado.



Veja um vídeo do incêndio gravado por um cinegrafista amador:

Um prédio do Largo do Paissandu desabando agora a pouco pic.twitter.com/wntceeK6w6

— Richard Paiva (@orichardpaiva) 1 de maio de 2018