COMPARTILHAR

O candidato do PT ao governo do estado de São Paulo, Luiz Marinho, admitiu que a sigla ainda não entrou em consenso sobre um nome para o Planalto caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Siva não possa concorrer. Ao ser questionado sobre uma possível aliança com Ciro Gomes (PDT), o político garante: está 100% descartada.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Marinho defende que o PT não antecipe a discussão de um "plano B". "Não precisamos gastar energia com isso. Não haveria consenso. Vamos antecipar discussão para que, se o nosso candidato é o Lula?", questionou.



Marinho diz que a candidatura do ex-presidente será registrada pelo PT e, assim, descarta aliança com outro candidato para o primeiro turno das eleições de outubro. "Não há problema na candidatura do Ciro, da Manuela [D’ Ávila], do [Guilherme] Boulos", disse.

Leia também: Entregador diz que levou dinheiro a escritório de amigo de Temer