COMPARTILHAR

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou nesta terça-feira (8) aos outros seis países signatários do acordo nuclear com o Irã que "respeitem totalmente os seus compromissos", apesar da saída dos Estados Unidos.

"Estou profundamente preocupado com o anúncio da retirada norte-americana do acordo e o retomar de sanções das sanções dos Estados Unidos", referiu António Guterres, através do seu porta-voz.



O republicano Donald Trump anunciou hoje que os Estados Unidos abandonam o acordo nuclear assinado entre o Irã e o grupo dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU mais a Alemanha.

"Hoje anuncio que os Estados Unidos se retiram do acordo nuclear com o Irã", disse Trump numa declaração à imprensa na Casa Branca, acrescentando que os Estados Unidos "voltarão a impor sanções econômicas ao mais alto nível".



Donald Trump afirmou que tem "a prova" de que o país iraniano mentiu sobre o seu programa nuclear, classificando aquele país como "um regime de grande terror".

Contudo, António Guterres salientou que o acordo é uma "grande conquista" da diplomacia, que contribuiu para a "paz e segurança nacional e internacional". Com informações da Lusa.

Leia também: Obama diz que saída de acordo com Irã é 'erro gravíssimo'