COMPARTILHAR

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do ataque a faca no centro de Paris, na França, na noite deste sábado (12), por meio de sua agência de propaganda, a "Amaq".

No comunicado, os terroristas informaram que o autor é um "soldado" do EI.



O agressor, que a imprensa francesa diz ser oriundo do norte de África e ter cerca de 25 anos, teria gritado em árabe "Alá é Grande", noticiou a rádio "Europe 1", citando fontes locais.

O ataque ocorrido perto da Opéra Garnier, no centro de Paris, está sendo investigado pela equipe antiterrorismo do país.



Uma pessoa morreu e outras cinco ficaram feridas. Com informações da ANSA.

Leia também: Mãe e quatro filhos autistas são vítimas de tiroteio na Austrália