COMPARTILHAR

O regime iraniano acusou nesta sexta-feira (11) Israel de inventar pretextos para atacar a Síria, um dia depois dos bombardeios feitos por Tel Aviv contra alvos iranianos em Damasco e Homs.

"Os ataques reiterados do regime sionista contra o território sírio aconteceram com pretextos inventados, que carecem de fundamento", disse o porta-voz do ministério iraniano das Relações Exteriores.



Ele disse que seu país "condena com firmeza os ataques" na Síria e que Damasco tem "todo o direito de se defender".

O Irã é aliado do ditador Bashar al-Assad na guerra civil síria. Já Israel se mantém neutro no conflito, mas já disse por diversas vezes que não vai permitir que Teerã use a Síria para realizar ataques contra seu território.



Israel afirmou ter bombardeado posições iranianas na Síria em represália a ataques do Irã às colinas de Golã, região na fronteira com a Síria anexada por Israel em 1981. Com informações da Folhapress.

Leia também: Moscou nega visto a jornalista que revelou escândalo de 'doping'