COMPARTILHAR

O estado de São Paulo registrou 195 mortes por febre amarela de 2017 até agora, segundo balanço divulgado nesta sexta-feira pela Secretaria de Estado da Saúde, sob a gestão Márcio França (PSB). No total, são 525 casos autóctones de febre amarela silvestre, contraída em áreas de mata.

Não há casos da febre amarela urbana no país desde 1942. Mairiporã (Grande SP) continua sendo a cidade com mais casos (171) e mortes (44). A capital registrou 13 casos no período, com 7 mortes.Bando coloca fogo em coletivo e diz ser contra ações da polícia em Pirituba



Leia também: Enem 2018: atendimento especializado deve ser solicitado na inscrição