COMPARTILHAR

A Procuradoria da República em São Paulo denunciou Ricardo Rocchi, que promoveu "tomataços" contra o ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), por injúria e incitação ao crime.

Para o procurador Marcos Angelo Grimone, Rocchi atentou contra a ordem pública e violou o direito à honra do ministro do Supremo.



Leia também: Projeto de Bolsonaro pede cadeia para quem obstrui vias públicas

De acordo com a peça, Rocchi chegou a oferecer recompensa de R$ 300 a quem atingisse Gilmar Mendes com tomates.



Ouvido pela Polícia Federal, ele confirmou os fatos e disse que julgava estar "agindo em defesa do povo brasileiro".

A denúncia foi feita no dia 15 de maio e o caso tramita em juizado especial. Com informações da Folhapress.