COMPARTILHAR

A Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) informou que, nesta segunda-feira (28), recebeu um volume de alimentos muito abaixo do normal.

"Até o meio-dia foi registrado a chegada de cerca de 10% do volume normalmente comercializado, que é de cerca de 11 mil toneladas/dia", disse em nota.



+ Rodovias de SP e RJ estão bloqueadas por manifestantes

Os produtores de alimentos deixaram de enviar carregamentos para o Ceagesp durante as paralisações. Mesmo com uma situação melhor nas estradas, o abastecimento vai demorar para se regularizar.



"Não estão chegando produtos vindos de outros Estados, mas a produção proveniente do Cinturão Verde de São Paulo tem conseguido chegar até o ETSP, como folhas, pimentão, pepino, tomate, chuchu, etc.), trazidos por caminhos alternativos, e houve muita transferência de galpões de grandes atacadistas localizados nas proximidades da CEAGESP. Alguns produtos que permitem estocagem (maçã, pera, abóboras, frutos importados, etc.) ainda possuem oferta." Com informações da Folhapress.