COMPARTILHAR

Dois policiais e um civil foram mortos por um atirador na cidad belga de Liege. Uma testemunha afirma que ele teria gritado "Allahu Akbar" (Deus é o maior em árabe) durante o ataque a um café, noticia o Mirror.

Depois de matar as três vítimas, o atirador fugiu e levou uma mulher como refém na escola de ensino médio de Athenee de Waha, antes de ser "neutralizado".



Notícia em atualização.

Leia também: EUA perdem crianças imigrantes separadas dos pais



Coups de feu à Liège, évacuation du boulevard d’Avroy. Beaucoup de voitures de police sur place + secours #Avroy #Liege #gunshot pic.twitter.com/CLXo16nST3

— Victor ⌬ (@VICTORJ_FR) May 29, 2018