COMPARTILHAR

O jornalista russo, Arkady Babchenko, dado como morto, apareceu numa conferência de imprensa na Ucrânia nesta quarta-feira (30), noticia a Associated Press e a AFP.

Em uma reviravolta digna dos filmes de Hollywood, as autoridades ucranianas revelaram, durante uma conferência de imprensa, que na realidade o jornalista russo exilado na Ucrânia e que tinha sido considerado como morto está vivo.



Segundo o jornal La Vanguardia, na noite de terça(29), a polícia da Ucrânia divulgou a sua morte e apontaram para o Kremlin como o suposto autor do crime.

O que aconteceu, na realidade, foi uma operação secreta para capturar um cidadão ucraniano. Chamado Sr. Mister G., o suspeito havia sido recrutado pelas autoridades russas para realizar "ações terroristas", entre as quais comprar e esconder armas em Kiev e contratar um assassino para matar Babchenko.



A operação ainda está em andamento, mas o Sr. G já foi preso e está sendo interrogado.

As autoridades ucranianas não detalharam sobre como descobriram a operação russa, mas dizem que investigam o assunto há dois meses.

A ação foi tão secreta que absolutamente ninguém sabia sobre o que realmente tinha acontecido até o final da coletiva de imprensa, na qual, quase com ironia, fizeram Babchenko aparecer na frente de todos.