COMPARTILHAR

Os verdadeiros protagonistas do segundo turno da eleição para presidente da Colômbia, que ocorre em 17 de junho, devem ser o voto em branco e o abstencionismo, mostra pesquisa divulgada nesta sexta (1º). De acordo com o Centro Nacional de Consultoria, considerando-se apenas os votos válidos, o direitista e uribista Iván Duque (foto) aparece em primeiro lugar, com 55% das intenções de voto, 20 pontos à frente do esquerdista e ex-guerrilheiro Gustavo Petro.

A opção pelo voto em branco é feita por 10% dos entrevistados, e o abstencionismo, por ora, ultrapassa os 40%.A escolha de uma fatia expressiva pelo voto em branco se dá após dois candidatos derrotados no primeiro turno anunciarem que seguirão esse caminho na segunda rodada de voto. O centroesquerdista Sergio Fajardo e o liberal Humberto de la Calle, porém, não instaram seus eleitores a fazer o mesmo.



+ Venezuela liberta grupo de presos políticos

A única região em que Petro surge como vencedor na pesquisa é a costa do país, bastante povoada. Ali, o esquerdista ganharia com 52%; Duque teria 41%. É nessa área que deve se dar a disputa mais acentuada dessa segunda fase.



Em Bogotá, que já governou, Petro ganhou na periferia, mas perdeu na região central e nos bairros mais abastados. Na nova sondagem, Duque tem a dianteira na capital (49% a 39%).Entre os que pretendem votar em branco ou se abster, a justificativa mais comum é que tanto Duque como Petro parecem "muito extremos"; os dois segmentos prefeririam um candidato mais ao centro. Com informações da Folhapress.