COMPARTILHAR

Uma das caçadas feitas por Claude Kleynhans, de 54 anos, teve um final trágico nesta semana. Ao abater um búfalo às margens do Rio Levubu, em Eastern Lowveld, na África do Sul, o caçador foi mortalmente ferido por outro animal, que é parte do mesmo rebanho.

A família confirmou que o ataque ocorreu na última terça-feira (29). Kleynhans tentava se aproximar do búfalo que tinha matado a tiros, quando foi atingido na artéria femoral por outro animal.



Leia também: Apagão causa pânico em parque de diversões no Reino Unido

Conforme o Metro, o caçador, que é dono da empresa de safáris Guwela, faleceu ainda no local.