COMPARTILHAR

Um homem teve um ataque de fúria nessa sexta-feira (1º) e quebrou móveis e outros objetos da sala de triagem do Hospital Regional de Taguatinga (HRT), no Distrito Federal, após ser informado que o seu filho de seis anos não seria atendido na unidade porque não estava em estado grave.

Como apurado pelo Metrópoles, o homem foi contido pelos seguranças e acabou sendo levado para a 12ª Delegacia de Polícia de Taguatinga. Ele foi liberado após prestar depoimento e deve responder por danos ao patrimônio público.



+ Áudios de WhastApp convocam caminhoneiros para novo ato

O vídeo da confusão viralizou nas redes sociais. De acordo com os servidores, o menino estava com 37,5 graus de febre e foi classificado como de baixa prioridade.



Por conta da fila, um enfermeiro disse ao pai que o menino não seria atingido. Nervoso, ele começou a quebrar móveis e outros objetos da sala de triagem. Cinco seguranças conseguiram dominar o homem.