COMPARTILHAR

As eleições deste ano terão 106 concorrentes que se declaram gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais, segundo levantamento da Aliança LGBTI. As informações foram publicadas nesta sexta-feira (1º) na coluna Expresso, do site da revista Época.

A lista de cinco pessoas que tentarão uma vaga no Senado, 36 na Câmara dos Deputados, 57 em assembleias estaduais e sete na Câmara Legislativa do Distrito Federal.



Única pessoa da lista a concorrer a uma vaga de governo estadual, Sara Azevedo (PSOL) é pré-candidata em Minas Gerais.

LEIA TAMBÉM: Clima de alívio domina o Planalto após pedido de demissão de Parente