COMPARTILHAR

A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu a favor de um confeiteiro que, em 2012, se recusou a preparar um bolo de casamento para um casal homossexual. Ele alegou que isto ia contra suas crenças religiosas.

O caso confronta o casal David Mullins e Charlie Craig com o chef Jack Phillips, noticia o G1. O profissional teria se negado a preparar-lhes o bolo para a celebração de seu matrimônio, em 19 de julho de 2012.



Por 7 votos a 2, a decisão foi favorável a Phillips.

O fato tem um alcance especial nos Estados Unidos, porque confronta dois princípios particularmente importantes para os norte-americanos: a liberdade religiosa e a proibição da discriminação sexual.



Leia também: Presidente das Filipinas é criticado após beijar servidora em evento