COMPARTILHAR

A Polícia Federal determinou que Guilherme Boulos, líder do MTST e pré-candidato à Presidência pelo PSOL, preste depoimento na próxima quinta-feira (7) sobre a ocupação do triplex atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Guarujá (SP).

As informações são da coluna Painel, do site do jornal Folha de S. Paulo, desta terça-feira (5).



+ Lula será ouvido como testemunha de Cabral sem deixar prédio da PF

Em 16 de abril, militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e da Frente Povo Sem Medo ocuparam por algumas horas o imóvel localizado no litoral de São Paulo. Boulos não compareceu ao ato, mas manifestou apoio por meio das redes sociais.



Procurado pelo jornal, o pré-candidato disse ver tentativa de intimidação do movimento.