COMPARTILHAR

A oposição venezuelana anunciou uma nova jornada de protestos por todo o país para a próxima sexta-feira (8), em uma tentativa de reorganizar os grupos contrários ao regime chavista.

"Queremos que as pessoas que protestam por água, eletricidade, transportes e comida o façam de modo organizado. Precisamos trocar o comandante do navio, de modo que a vontade da maioria seja respeitada", declarou Sergio Sánchez, membro da Frente Ampla Venezuela Livre.



Leia também: Embaixador dos EUA na Alemanha causa polêmica ao defender nacionalistas

Segundo ele, os pontos de concentração não serão anunciados com antecedência, por "razões de segurança". As manifestações acontecem em meio à libertação de dezenas de presos políticos, definida como "tardia" por parte da oposição.



Em 20 de maio, o presidente Nicolás Maduro foi reeleito para seu segundo mandato, em um pleito boicotado por alguns setores antichavistas e contestado pela comunidade internacional. (ANSA)