COMPARTILHAR

Duas explosões em uma mesquita xiita em Bagdá, no Iraque, causaram pelo menos sete mortos e 20 feridos, noticia a Al Jazeera. A informação foi confirmada pelas forças de segurança iraquianas. Para além das vítimas, há ainda registro de danos causados nas imediações das duas explosões.

O ataque ocorreu em uma mesquita xiita que é frequentada por Muqtada al-Sadr, o clérigo xiita que foi o grande vencedor das últimas eleições parlamentares no Iraque.



+ Sobe para 99 número de mortos após erupção do Vulcão de Fogo

Al-Sadr se tornou famoso especialmente durante a invasão norte-americana do Iraque, após 2003, pela forma veemente como combateu a ocupação dos Estados Unidos.



Para além disso, apesar de ser xiita, é conhecido pela sua oposição ao Irã. Contrariando as expectativas, a coligação que lidera saiu vencedora das eleições, tendo, ao que tudo indica, de formar governo.

O ataque desta quarta-feira ainda não foi reivindicado, mas surge precisamente no dia em que o parlamento iraquiano votou para que os resultados das últimas eleições, ocorridas em 12 de maio, sejam recontados devido a irregularidades.