COMPARTILHAR

O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e pré-candidato ao Planalto pelo PSOL, Guilherme Boulos, depõe, nesta quinta-feira (7), em um inquérito que investiga a ocupação do triplex atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Guarujá (SP), por integrantes do movimento.

Segundo o G1, Boulos chegou à sede da Polícia Federal (PF) na Lapa, Zona Oeste de São Paulo, acompanhado dos deputados do PSOL Ivan Valente, Luiza Erundina, Carlos Giannazi e Luiz Paulo Rillo, além do vereador Toninho Vespoli.



No dia 16 de abril, cerca de 50 integrantes do MTST e da Frente Povo Sem Medo ocuparam o apartamento atribuído a Lula no Edifício Solaris. Eles ficaram quatro horas no imóvel e só saíram após negociações com a polícia. A PF abriu uma investigação para apurar o caso.

Leia também: Mulher chama guarda que rebocava carro de 'macaca' e é detida