COMPARTILHAR

Trocas de acusações de corrupção entre os candidatos comandaram o último debate da eleição presidencial mexicana na terça-feira (12). As eleições acontecem no dia 1º de julho, e o esquerdista Andrés Manuel López Obrador aparece como líder nas pesquisas.

De acordo com a agência France Presse, López Obrador, Ricardo Anaya – que é apoiado por uma coalizão de direita e esquerda- e o postulante governista José Antonio Meade trocaram acusações de corrupção no encontro em Mérida, Yucatán.

+ Governo da Colômbia insiste em novo cessar-fogo bilateral com guerrilha

Anaya acusou López Obrador de ter assinado contratos sem licitação quando foi prefeito da Cidade do México, entre 2000 e 2005. Segundo a agência, Anaya também acusou o governo de orquestrar uma campanha contra ele e ameaçou abrir uma investigação em caso de vitória nas urnas.

Comments

comments