COMPARTILHAR

O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) disse que vai apurar o caso de um atendimento de um paciente no Hospital Municipal Doutor Waldemar Tebaldi, em Americana (SP).

Segundo imagens que circularam nas redes sociais divulgadas pelo G1, um rapaz recebeu aplicação de soro deitado em uma maca, ao lado de um vaso sanitário, em um suposto banheiro do hospital.



+ Estados retardam envio de dados à União sobre violência e segurança

Em um comunicado oficial, a Prefeitura de Americana afirmou que o atendimento foi adequado e o espaço é utilizado por um procedimento de lavagem intestinal: "O paciente necessitou ser submetido ao procedimento em questão por conta de seu quadro clínico, após diagnóstico e indicação médica. Portanto, diferentemente do que foi propagado em redes sociais, o paciente foi atendido de forma adequada, sendo a ele prestada a devida assistência pelos profissionais do HM".



De acordo com o G1, o Cremesp vai apurar a situação já que nenhum procedimento deve ser feito dentro de um banheiro e, dependendo do resultado, abrirá sindicância.