COMPARTILHAR

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) acusou o governo do presidente Michel Temer de ter provocado um grande crise social com as suas políticas públicas. Ele mencionou o aumento do desemprego, a volta de milhões de pessoas a uma situação de miséria, a perda de direitos trabalhistas e o fechamento das farmácias populares, entre outros exemplos.

Segundo Lindbergh, os inimigos do ex-presidente Lula sabem que ele vai ganhar a eleição se o deixarem ser candidato à Presidência. O senador afirmou que o Partido dos Trabalhadores manterá a candidatura do ex-presidente até o fim. As informações são da Agência Senado.



"Vamos registrar Lula como nosso candidato no dia 15 de agosto. E eles vão iniciar uma batalha para impedir. Nenhum brasileiro na situação de Lula já foi impedido de disputar uma eleição, porque o artigo 26 C da Lei da Ficha Limpa [Lei Complementar 135, de 2010] diz que, enquanto houver recurso em instâncias superiores, os direitos políticos estão preservados", destacou.

Leia também: Brasil tem o 'pior STF de todos os tempos', critica senador