COMPARTILHAR

Pelo menos 38 pessoas morreram e outras 47 estão desaparecidas por conta de fortes chuvas que o Japão. As províncias de Kyoto, Hyogo, Okayama e Gifu estão em alerta máximo por inundações e deslizamentos de terra neste sábado (7), segundo a Agência Meteorológica de Japão (JMA).

Segundo a agência EFE, a maior parte das vítimas morreu após ser arrastada por enchentes dos rios, embora alguns tenham sido vítimas do desabamento de casas após deslizamento de terra.



+ Terremoto de 5,9 atinge o Japão

Outras 47 pessoas estão desaparecidas, a maioria nas províncias de Okayama, Hiroshima e Ehime, onde as buscas foram ampliadas.



Cerca de 650 membros das Forças de Autodefesa estão participando dos trabalhos de resgate, e outros 21 mil estão preparados para serem deslocados, afirmou o ministro da Defesa, Itsunori Onodera.

Além de Kyoto, Hyogo, Okayama e Gifu, em estado de emergência, outras 28 das 47 províncias do país estão em alerta. As autoridades ordenaram evacuação de aproximadamente 4 milhões de pessoas.