COMPARTILHAR

Políticos que quiserem fazer campanha eleitoral nas favelas do Complexo do Chapadão, na Zona Norte do Rio, terão que pagar "pedágio" aos traficantes.

Segundo o jornal 'O Dia', os chefões do crime cobram de R$ 150 mil a R$ 300 mil, dependendo do cargo almejado. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) e a Polícia Civil disseram que ainda não sabem sobre o caso.



O Complexo do Chapadão é composto por ao menos 16 comunidades.

Leia também: Soldado de 29 anos é o 65º PM assassinado neste ano no Rio