COMPARTILHAR

Pré-candidato do PSDB ao Planalto, o ex-governador Geraldo Alckmin anunciou, pelas redes sociais, o prefeito da capital paulista, Bruno Covas, como coordenador de sua campanha presidencial no Estado de São Paulo.

"Nosso time acaba de ganhar o reforço do prefeito de São Paulo, Bruno Covas. Ele aceitou meu convite para coordenar nossa pré-campanha à Presidência no Estado. Vamos unir São Paulo e o Brasil em prol do país que queremos", escreveu Alckmin em sua conta no Twitter.



Tendo governado São Paulo por quase 14 anos, Alckmin enfrenta dificuldades para decolar nas pesquisas eleitorais em seu próprio Estado. Em sondagem divulgada pelo Ibope no fim de junho, Alckmin aparece com 15% de intenções de voto entre eleitores paulistas, empatado tecnicamente com o deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ), que tinha 17%, e com a ex-ministra Marina Silva, que registrou 13% da preferência do eleitorado no Estado.

Leia também: Doria diz que recusaria apoio de Bolsonaro: 'Não creio em extremismos'