COMPARTILHAR

Quando se pensa no cenário dos sonhos para encontrar um grande amor, mil imagens vêm à cabeça: praia, Paris, festa em um lugar descolado, a padaria da esquina e a universidade. Mas a história dos aposentados Cezita Alves Rocha e Francisco Alves Silveira, ambos de 69 anos, está aí para provar que o amor surge nos lugares e momentos mais imprevisíveis.

Solteiros e sem filhos, eles buscaram uma casa de idosos para viver a velhice. Cezita já estava no Abrigo Evangélico Jesus É O Senhor, em Anápolis (GO), há nove anos. Depois de seis, viu chegar o Francisco. Não perdeu tempo e investiu na conquista.



“Ele que se apaixonou por mim. Depois, eu fui perguntar se ele queria namorar comigo”, recordou.

+ Anvisa aprova novas regras para suplementos alimentares no país



Embora conte ter ficado, logo de cara, apaixonado pelos olhos de Cezita, Francisco hesitou na hora de responder o pedido. “Eu falei, olha vou pensar um pouco. Passaram uns dias, e ela me procurou de novo. Então eu falei: se você quiser namorar então vamos namorar e vamos casar”, afirmou, decidido.

No dia 9 de julho de 2016, de acordo com informações do portal G1, eles disseram "sim", em cerimônia realizada no próprio asilo. “Maior bênção que eu ganhei”, diz ela.

“Deus nos permitiu viver uma vida boa e ser feliz para o resto da vida”, agradece Francisco.