COMPARTILHAR

O secretário adjunto da OAB-CE, Fábio Timbó, enviou nota ao Focus.Jor cobrando das autoridades uma completa apuração dos assassinatos dos advogados Erivaldo Rodrigues e Renato Jorge Rocha. Os dois crimes aconteceram no município de Caucaia, em menos de 10 dias. Segundo Timbó, “a advocacia cearense precisa reagir” e “somente notas de pesar não irão resolver”. “Precisamos cobrar das autoridades uma apuração consistente e a resolução efetiva dos casos com a força do Judiciário”, afirma.

Veja a íntegra da Nota:

Nesta terça-feira, outro colega nosso tombou, assassinado. O segundo em menos de dez dias e os dois no mesmo município.
Depois de sucessivos ataques às prerrogativas sagradas dos advogados, de termos os fóruns invadidos e atacados, agora estamos assistindo companheiros de profissão serem executados. Somente notas de pesar não irão resolver. 
Precisamos cobrar das autoridades uma apuração consistente e a resolução efetiva dos casos com a força do Judiciário.
A Advocacia cearense precisa reagir para mostrar que mais que uma categoria somos elementos essenciais da Justiça e peças-chaves do Estado Democrático de Direito. Não podemos nos calar perante a criminalidade gritante no nosso Estado, bem como o desrespeito recorrente à advocacia cearense!

Fábio Timbó
Secretário-Adjunto da OAB-CE

 

Fonte: Focus.jor

Comments

comments