COMPARTILHAR

A dona de casa Elizelda Silva Torres, 40 anos, foi cliente do médico Denis Furtado, 45 anos, conhecido como 'Dr. Bumbum', e considera ter sido enganada pelo profissional. Dr. Bumbum foi preso nessa quinta-feira (19), juntamente com a mãe dele, Maria de Fátima Furtado.

De acordo com o Metrópoles, a paciente revela que pagou R$ 8 mil por um procedimento para ficar com "pele de bebê", sem manchas de acne, mas nunca recebeu o tratamento esperado e disse ter sido ameaçada de morte.



+ Em vídeo, Doutor Bumbum diz que morte foi uma 'fatalidade'

Elizelda afirma que o marido dela pagou a quantia, depositando o valor de uma só vez na conta de um terceiro indicado por Denis, chamado “Igor”. A dona de casa diz ainda que, após a transferência, o médico passou a enrolá-la. “A cada marcação, ele dava uma desculpa. Chegou a dizer até que o amigo tinha sido sequestrado, e por isso não podia atender. Mudava a data”, relatou o marido.



O casal passou a cobrar pelo serviço prometido e, segundo Elizelda, a mãe do médico fez a ameaça: “Sabia que você pode morrer a qualquer momento?”

Elizelda disse ainda que, embora não tenha gravado a conversa, resolveu recorrer à Justiça contra Denis, há cerca de três anos. No entanto, o processo foi arquivado. “Fiquei em depressão depois disso. Até hoje fico revoltada”, desabafou a dona de casa.

MORTE

Denis César Barros Furtado foi preso na tarde desta quinta-feira (19), por envolvimento na morte de Lilian Calixto, após ter realizado um procedimento estético no dia anterior no apartamento do médico, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.