COMPARTILHAR

Uma turista britânica de 18 anos denunciou ter sido alvo de dois estupros em sequência em Nápoles, no sul da Itália. O caso, tornado público apenas nesta terça-feira (24), teria ocorrido em março passado, quando a jovem teria sido violentada por dois homens no carro de um deles, em pleno centro da capital da Campânia.

Na sequência, a britânica diz ter sido abusada por um terceiro indivíduo, que a socorrera e se oferecera para acompanhá-la até onde ela estava hospedada. A jovem compareceu nesta terça a uma audiência no Tribunal de Nápoles, acompanhada do pai e de um diplomata do Reino Unido.



+ 'Decolou desta terra tão cruel', lamenta amigo de brasileira morta

Os três suspeitos confirmaram que tiveram relação sexual com a garota, mas disseram que foi consensual. A advogada da jovem é Lucilla Longone, a mesma que atua no caso de outra turista britânica, esta estuprada por um grupo em um hotel de Sorrento, na província de Nápoles.



Os suspeitos de violentar a garota de 18 anos respondem em liberdade. (ANSA)