COMPARTILHAR

A Operação Ciranda de Pedra, deflagrada nesta terça-feira (24) pela Polícia Federal em parceria com a Controladoria Geral da União, aponta a ex-prefeita do município de Maiquinique, Maria Aparecida Lacerda Campos, como responsável pelo desvio de recursos públicos destinados à área da infraestrutura nos anos de 2012 a 2017.

Segundo a ação, acusa Campos pela execução parcial dos objetos dos convênios firmados com o Ministério das Cidades, além do pagamento por serviços não executados e repasse de valores a funcionários públicos municipais ou a terceiros.



De acordo com o G1, a liderança da ex-gestora obteve contratos da ordem de R$ 3.428.183,03 e autoridades preveem que o valor dos desvios seja de R$ 1.587.619,76.

Leia também: Meirelles usa discurso de Lula e Alckmin para fazer propaganda