COMPARTILHAR

O ex-presidente colombiano Álvaro Uribe renunciou nesta terça-feira (24) a seu mandato no Senado após se tornar alvo de uma investigação penal por suposto suborno e fraude processual. "A Suprema Corte me chama para questionamentos; não me ouviram previamente, mas me sinto moralmente impedido para ser senador", anunciou Uribe nas redes sociais.

"Enviarei minha carta de renúncia para que minha defesa não interfira com as tarefas do Senado." O ex-mandatário (2002-2010), que tomou posse na semana passada após obter a votação mais alta nas eleições legislativas de março, caiu na mira da Justiça em razão de um caso que remota a 2012.



+ Explosão dentro de clínica deixa pelo menos 18 feridos no Peru

Líder do partido Centro Democrático, que elegeu seu afilhado político Iván Duque presidente em junho, Uribe mandou uma mensagem ao Congresso formalizando sua renúncia nesta tarde. Com informações da Folhapress.