COMPARTILHAR

Integrante da coligação que lançou a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Manuela D'Ávila (PC do B) disse que a pesquisa de intenção de votos CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira (20) evidencia que "Lula é o que o povo quer".

Para a deputada, a manifestação de um comitê da ONU (Organização das Nações Unidas) defendendo a candidatura do petista "mostra que juridicamente ele deve ter o direito de concorrer às eleições".



+ Vice de Bolsonaro recebe presidente do Tribunal que condenou Lula

"Além do conjunto, antes de juristas, agora da ONU, dizer que ele tem o direito de ser candidato, o povo também quer escolhê-lo como presidente do país", afirmou Manuela na saída de evento da Abdib (Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústria de Base), em São Paulo.



"A ONU tem uma opinião sobre a candidatura do presidente Lula. Ela vale? Ou a gente vai retroceder para um período em que a ONU não valia?", disse a comunista.

Questionada sobre o resultado da pesquisa que mostra disposição do eleitor de Lula de votar em Fernando Haddad (PT) caso ele vire o cabeça de chapa, Manuela foi econômica nas palavras. "Nosso candidato é Lula", disse, repetindo o mantra da coligação. Com informações da Folhapress.

PARTICIPE: Campanha do Notícias ao Minuto dá iPhone X de R$ 7.799