COMPARTILHAR

Uma das principais organizações não governamentais de defesa dos direitos humanos e crítica das ações das Forças Armadas no Rio de Janeiro, a Human Rights Watch "condena veementemente o ataque criminoso sofrido pelo candidato Jair Bolsonaro", segundo nota distribuída nesta quinta-feira (6).

"Diferenças políticas ou ideológicas devem ser resolvidas por meio de diálogo e nunca da violência. As autoridades brasileiras devem realizar uma investigação imediata, imparcial e completa sobre o ataque contra Bolsonaro, e garantir que o responsável ou os responsáveis respondam perante a lei", afirmou a ONG.



Bolsonaro é crítico frequente das ONGs que atuam em defesa dos direitos humanos. Com informações da Folhapress.

Leia também: Imprensa internacional noticia ataque a Bolsonaro