COMPARTILHAR

Todos os anos, milhões de pessoas – eu incluído – fazemos as promessas de final de ano. Os temas são os mais diversos: Aprender inglês, ser fitness, retornar à faculdade, parar de fumar, deixar de comer carne, ser mais paciente, fazer aquela viagem tão sonhada, ler mais, deixar de beber e por aí vai.
Ocorre que, quanto mais você demora para dar início a mudança, maiores são as chances de que você continue como está.
Os dias vão passando, viram semanas, meses, bimestre, semestres e quando você se dá conta, o ano já terminou e você mais uma vez vai prometer a mesma coisa para 2020.
Não sei vocês, mas eu resolvi que vou listar aquilo que desejo para 2019 e começar a fazer alguma coisa para que isso aconteça, já no dia 02 de janeiro. Muitos consultores dizem que tornar público aquilo que você deseja fazer, reforça o compromisso com a execução da coisa prometida, afinal, alguém sabe que você prometeu algo e você acaba fazendo o que disse para não ser cobrado por quem sabe que você prometeu.
Pois vamos fazer aqui um acordo: Eu conto aqui no jornal algumas coisas que farei em 2019 e você, que me lê, faz o mesmo com alguém que você admire. Conte para ela e se comprometa a fazer o que disse, o que acha?
Aqui vai minha lista:
– Ler 30 livros em 2019
– Voltar a praticar esporte, de preferência, “Arte marcial” se o velho joelho permitir
– Lançar meu primeiro curso online até março 2019
– Produzir um e-book até junho de 2019
– Iniciar o curso de inglês básico
– Reformular meu canal no youtube e meu site até abril 2019
O desafio está lançado e eu vou deixando você informado do andamento das coisas, tanto pelo jornal, quanto pelas mídias sociais. Agora temos um acordo público, que responsabilidade, não é?
No último texto do ano, agradeço a toda equipe do Jornal Expresso-CE – em especial ao Luciano Moreira e Christiane – pela oportunidade de escrever essa coluna e compartilhar parte do que penso com tanta gente boa.
Que venha 2019 e que seja um ano de retomada do crescimento econômico, com mais trabalho, menos violência, mais criatividade, inovação, menos governo, menos impostos.
Que cada um de nós encontre o melhor caminho para uma vida menos vazia e mais cheia de significado.
Um abraço.

Jorge Costa
Consultor
Marketing e Política
http://academiadeherois.com/blog/

Comments

comments