COMPARTILHAR

Mais um caso de agressão contra a mulher foi registrado em Florianópolis. A vítima, a advogada Ana Cristina Rossi, 26 anos, disse que foi brutalmente agredida pelo ex-namorado, Hyuri Duarte, 22 anos, na saída de uma festa na capital catarinense, no fim do ano passado. Ela postou fotos nas redes sociais denunciando as agressões. O suspeito nega as acusações e disse que está tomando as medidas necessárias para provar que o ato "não foi intencional". A polícia investiga o caso.

Atualmente morando e trabalhando em São Paulo, a advogada relatou o episódio em uma postagem no Facebook. Além de Ana, que teve o nariz quebrado, o companheiro com quem estava na noite do crime também foi alvo de socos e pontapés. O rapaz quebrou duas vértebras e teve de levar seis pontos na boca.

+ Homem mata ex-mulher em festa da irmã dela e depois se suicida no PI

O relacionamento com Hyuri havia acabado há quatro meses. Foram mais de 200 e-mails trocados após o término. O jovem, inconformado, chegou a fazer perfis falsos para falar com Ana e adicioná-la no WhatsApp com números desconhecidos, já que ela havia bloqueado o ex em todos as plataformas.

Notícias ao Minuto Ana Cristina Rossi postou fotos nas redes sociais denunciando as agressões

+ Ataque a tiros dentro de bar mata criança de 8 anos na Bahia

No texto, em que relata a noite do dia 30 e o relacionamento abusivo vivido com o suspeito, a advogada comenta que era obrigada a dar senhas de redes sociais e tinha restrição para conversar com amigos. "Ele tinha minhas senhas de todas as redes sociais, pois me obrigava a dar ou senão terminaria comigo", disse.

"Tenho medo, eu não posso mais andar sozinha, não posso ir ao mercado sozinha, porque tenho medo. É uma situação muito complicada. Sou de São Paulo vou voltar para lá, mas minha família que é daqui como fica? Eu não sei do que ele é capaz", disse.

Veja o relato da advogada:

Comments

comments