Home CEARÁ Câmara de Vereadores é alvo de bandidos no 6º dia de ataques...

Câmara de Vereadores é alvo de bandidos no 6º dia de ataques no CE

117
0

Mesmo após a chegada da Força Nacional no Ceará, o estado, que tem enfrentado uma onda de ataques desde o último dia 2, foi palco de mais quatro ações criminosas, na madrugada desta segunda-feira (7). No sexto dia de atos violentos, tanto Fortaleza quanto cidades do interior saíram no prejuízo.

Segundo informações do G1, bandidos incendiaram uma ambulância no município de Reriutaba (278 km da capital), uma loja de móveis em Fortaleza e atacaram uma rádio e a Câmara dos Vereadores da cidade de Icó (365 km da capital). Com as novas ocorrências, subiu para 125 o número de ações criminosas no estado.

+ Ceará registra oito ataques após chegada da Força Nacional no estado

Transferência de detentos

Em meio à crise na segurança pública, o governo do Ceará anunciou na noite desse domingo (6) que vai transferir nas próximas horas pelo menos 20 detentos para presídios federais.

Cai número de ataques

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou que caiu o número de ataques, em Fortaleza e região metropolitana, nas primeiras 24 horas de atuação da Força Nacional de Segurança Pública em apoio às forças policiais locais. As tropas começaram a atuar na capital do Ceará no sábado (5).

Mais de 50 suspeitos são presos

Após a chegada da Força Nacional no Ceará, 53 pessoas foram presas, afirmou a Secretaria da Segurança do estado. No total, as autoridades já prenderam 103 suspeitos de cometerem uma sequência de atos violentos, coordenados por facções criminosas. Depois do reforço militar, conforme a pasta, não houve mais ataque a ônibus – 18 transportes públicos foram incendiados em menos de 24 horas.

Previous articleRio registra segunda morte de policial militar este ano
Next articleCasal é encontrado morto em quarto de resort de SP; polícia investiga
O Jornal Expresso CE, é um veículo da Publicmais -Edição de Jornais e Revistas, fundado em 15 de agosto de 2013., com edição impressa no formato tabloide, com circulação mensal em: Maranguape, Maracanaú, Pacatuba e Guaiúba e Edição Digital, dirigida para o Maciço de Baturité/CE. Mas, por conta da pandemia encerrou sua edição impressa em fevereiro de 2020, e a edição digital em agosto de 2021, quando o Jornal Expresso CE, completou 8 anos de atividades.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here