Home CEARÁ Mais de 50 suspeitos são presos após chegada da Força Nacional ao...

Mais de 50 suspeitos são presos após chegada da Força Nacional ao Ceará

104
0

Após a chegada da Força Nacional no Ceará, nesse sábado (5), 53 pessoas foram presas, afirmou a Secretaria da Segurança do estado. No total, as autoridades já prenderam 103 suspeitos de cometerem uma sequência de atos violentos, coordenados por facções criminosas. Depois do reforço militar, conforme a pasta, não houve mais ataque a ônibus – 18 transportes públicos foram incendiados em menos de 24 horas.

O estado já contabiliza 90 ataques, que começaram na noite do último dia 2, em 26 cidades cearenses. A atuação das tropas nacionais está sendo vista em abordagens de motoristas e motociclistas, já que a maior parte da violência é praticada por homens em veículos, segundo informações do G1. Ainda de acordo com a reportagem, as equipes estarão em "vias estratégicas".

+ Delegacia do Ceará é atingida com bomba nesta madrugada

+ Moro ainda analisa pedido pela presença da Força Nacional no Pará

+ Ceará tem terceira noite seguida de ataques criminosos

Moro autoriza reforço

O novo ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou o envio de tropas da Força Nacional para atuar no combate a violência e do crime organizado no estado do Ceará. As tropas devem atuar em policiamento ostensivo e outras operações de segurança em conjunto com às forças policiais já em operação no estado. O período de atuação das tropas estipulado por Moro é de 30 dias. Moro havia negado envio imediato de tropas federais para o estado.

Entenda o caso

Ceará sofre uma onda de ataques criminosos que estariam sendo coordenados por facções do crime organizado em vários pontos de Fortaleza, e no interior do estado. Os atos violentos acontecem desde a última quarta-feira. A motivação seria por represália à diretriz anunciada pela Secretaria Estadual de Administração Penitenciária de remanejar e juntar presos independente das facções.

Previous articleSoldado assassinado é o primeiro PM morto no Rio em 2019
Next articleForça Nacional está nas ruas do CE após 3ª noite de ataques criminosos
O Jornal Expresso CE, é um veículo da Publicmais -Edição de Jornais e Revistas, fundado em 15 de agosto de 2013., com edição impressa no formato tabloide, com circulação mensal em: Maranguape, Maracanaú, Pacatuba e Guaiúba e Edição Digital, dirigida para o Maciço de Baturité/CE. Mas, por conta da pandemia encerrou sua edição impressa em fevereiro de 2020, e a edição digital em agosto de 2021, quando o Jornal Expresso CE, completou 8 anos de atividades.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here