Após tentar evitar um assalto, o policial militar Daniel Henrique Mariotti, de 30 anos, foi morto a tiros, na noite desse sábado (5), na Linha Amarela. O soldado, que foi baleado na cabeça, ainda foi encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Ele é o primeiro PM assassinado no Rio este ano. O governador do estado, Wilson Witzel, lamentou o ocorrido. As informações são do Extra.

"O Rio de Janeiro acaba de perder mais um herói nesta guerra contra os terroristas nas ruas do nosso Estado. Quero manifestar meu mais profundo pesar pelo assassinato do soldado PM Mariotti e minhas condolências à família. Que Deus o abençoe e o receba. Como governador, a morte de um policial é como perder um filho. Vamos investigar este caso com todo o rigor e não vamos parar o combate ao crime até devolvermos a paz ao Estado", afirmou.

LEIA TAMBÉM: Mais de 50 suspeitos são presos após chegada da Força Nacional ao Ceará

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui