Home CEARÁ Em meio à crise, presos do Ceará são transferidos para presídio federal

Em meio à crise, presos do Ceará são transferidos para presídio federal

89
0

Vinte presos do Ceará foram transferidos para o presídio federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, como medida para tentar controlar a onda de violência que atinge o estado.

De acordo com informações do ministério da Justiça, a ação ocorreu de forma conjunta entre o Departamento Penitenciário Nacional, a Polícia Rodoviária Federal e o governo do Ceará na madrugada desta quarta-feira (9), por volta de 2h da manhã -o procedimento foi finalizado por volta de 4h30.

+ Sequência de ataques põe turistas em alerta no Ceará

As vagas foram disponibilizadas na última sexta (4), mas a transferência foi realizada apenas após pedidos do estado. Novas vagas poderão ser criadas se houver necessidade, segundo o ministério da Justiça.

Desde a última quarta-feira (2), o Ceará tem sofrido uma onda de atentados ordenados por facções criminosas. As ações seriam uma represália ao anúncio feito pelo governo estadual de deixar de dividir os presos por facção nas cadeias cearenses.

Até esta terça-feira (8), 185 pessoas tinham sido presas, segundo o governo. De acordo com o ministério da Justiça, 406 homens e 96 viaturas da Força Nacional estão no Ceará para ajudar a conter a crise de violência. Com informações da Folhapress.

Previous articleOperação apreende celulares e drogas que iriam para presídio no Rio
Next articleOnda de violência no Ceará chega a 8º dia e ataques sobem para 185
O Jornal Expresso CE, é um veículo da Publicmais -Edição de Jornais e Revistas, fundado em 15 de agosto de 2013., com edição impressa no formato tabloide, com circulação mensal em: Maranguape, Maracanaú, Pacatuba e Guaiúba e Edição Digital, dirigida para o Maciço de Baturité/CE. Mas, por conta da pandemia encerrou sua edição impressa em fevereiro de 2020, e a edição digital em agosto de 2021, quando o Jornal Expresso CE, completou 8 anos de atividades.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here