COMPARTILHAR

O subcomandante do 4º Batalhão da Polícia Militar de Alagoas, major André Dias, foi afastado temporariamente do cargo nessa quinta-feira (10) por agredir um mulher que comemorava o noivado em Maceió (AL) por conta de barulhos.

Como reportado pelo 'UOL', as agressões ocorreram no último Natal, quando o militar estava de folga. Um procedimento administrativo foi aberto para apurar a conduta dele.

Em imagens feitas por testemunhas, o PM aparece exaltado, reclamando do barulho a um grupo que participava da festa de noivado. Quando a noiva pediu ao policial que ele "respeite o povo", ela levou um tapa no rosto.

Com o impacto, a mulher caiu sentada em uma cadeira e protegeu o rosto com as mãos. A identidade dela não foi revelada. A família informou que foi registrado um Boletim de Ocorrência na Delegacia Especializada da Mulher 2.

+ Deputada Martha Rocha já havia sofrido ameaças de morte

Ainda segundo os familiares, a festa não tinha música. Os convidados estavam apenas conversando quando o PM chegou ordenando que parassem com o barulho. Nas imagens, é possível ouvir pessoas pedindo para o homem fique calmo: "calma, capitão".

Consultado pelo 'UOL', Dias disse que a mulher tentou agredi-lo e afirmou que ele nunca agrediu ninguém.

"Eu não fiz nada, estava com as mãos abaixadas, mas ela levantou da cadeira tentando me acertar um tapa, chegou a colocar o dedo no meu rosto. Eu ainda tentei sair da situação, dando um passo para trás", afirmou o policial.

Após a repercussão do vídeo, o comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, Marcos Sampaio, informou que foi aberto um procedimento administrativo para apurar a conduta do major, que permanecerá afastado do subcomando do 4º BPM enquanto os fatos estão sendo apurados.

Comments

comments