COMPARTILHAR

Uma aeronave da Aeroflot, companhia aerea russa, que voava de Surgut a Moscou fez um pouso de emergência nesta terça-feira(22) em uma cidade na região da Sibéria, após relatos de que um homem armado que estava a bordo teria ordenado o piloto a mudar a rota para o Afeganistão.

O avião acabou pousando em Khanty-Mansiysk, a 240 km da cidade de origem, afirmou uma autoridade da agência de Transporte Aéreo da Rússia, Alexander Shulepov, à agência estatal Tass. De acordo com o G1, a imprensa russa reportou que a polícia se deslocou ao aeroporto e está cercando a aeronave.



+Terremoto de magnitude 6,4 atinge a Indonésia

O Comitê Nacional Antiterrorismo da Rússia afirma que o homem ainda está dentro da aeronave estacionada, informou o site russo RT.



Ainda de acordo com fontes ouvidas pelo site, a tripulação conseguiu convencer o homem de que era preciso pousar para reabastecer o avião. O Boeing 737 teria 69 passageiros e 7 tripulantes a bordo.

De acordo com o Tass, ele pode ser acusado de sequestrado o avião, o que pode levar a prisão de 4 a 8 anos.

O suspeito foi identificado pelos meios de comunicação russos como Pavel de 41 anos.

Нам удалось связаться с бывшей супругой пассажира рейса Сургут – Москва, который потребовал изменить маршрут самолета. Женщина рассказала, что удивлена его поступком https://t.co/sYpW0UhpKT pic.twitter.com/TVUFmvAw3q

— РЕН ТВ | Новости (@rentvchannel) January 22, 2019